terça-feira, 7 de setembro de 2010

Primeiro dia de aula: Pizza?

Isso mesmo, não só pizza, como também bolo. Pizza com abacaxi, mas ok. Muito boa por sinal. Acredito que teve toda essa mordomia só para agradar os seus international students, porque a reunião foi só para nós mesmo, sem canadenses. Então, vocês já podem imaginar que os (muitos) brasileiros ficaram juntos.
Tive uma hora mais ou menos de reunião para saber todas as minhas aulas, e eu vou ter aula sobre os índios do Canadá. Não sei onde isso entra na escala de matérias que o Brasil estipula para termos, mas tudo bem. Ah, e não poderei jogar futebol, porque futebol feminino começa só na primavera. Só quero ver que esporte vou fazer..
Ontem meu esporte foi comprar. Estava congelando nessa cidade, então comprei alguns agasalhos, uma bota e essas coisinhas quentes e confortáveis. Por preços minúsculos.
Acordar. Acordar. Acordar. Acordar. Finalmente consegui! Algumas frutas, um copo d'água, e-mail. Nada. Minha mãe parece ter sumido do mapa. Comer. Comer. Beber água. E-mail. Nada. Comer. Comer. Comer.
Estou cheia. Mas mesmo com essa comida toda não me sinto aquecida. Acho que vou precisar da ajuda de algumas roupas mesmo.
Emcapusada. Andando. O vento gelado bate no meu rosto, mas parece me fortalecer, porque todo o meu corpo está quente agora. Fico ainda mais forte quando vejo tudo que me cerca, toda essa natureza, toda essa vida. Nem uma alma pintada na rua. Canto. Canto alto. Danço. Me aproximo do ponto e sossego. Chega uma garota, com uma blusinha, mas que calor hein! Sou olhada. Medida. Talvez isso se deva ao fato dos mil agasalhos. Não ligo!
Ônibus. Confusão, não sei o preço, se passa aonde vou. E, veja só, só um ônibus passa nessa rota, então, não tem erro!
Escola. Escola. Escola. Perdida. Escola. Escola. Encontrei: biblioteca, pizza, bolo.. Gorda. É como vou ficar. Recomdações. Uma hora se passou. Recomendações. Matérias escaladas: matemática, biologia, inglês e algo sobre os índios canadenses. Índios. Interessante. Bem selvagem. Ou não.

See you tomorrow at 8h30!

Shopping. Sorvete. Grande e suculento. Gorda de novo. É como vou ficar mais uma vez. Material escolar (um fichário para cada matéria). Compras com a Amanda. Ponto de ônibus.
Descer em um ponto que fica há três antes do que deveria descer não é para qualquer um. É para os idiotas, ou para quem quer emagrecer. Não sou nem um nem outro, mas me torno. Andar. Andar. Andar. Andar. Acertar o caminho. Andar. Árvores. Mar.
Paz.
Home, sweet home.

Algumas fotos para satisfazer o desejo de alguns leitores (tenho vários né, sabe como é):

Chegar em Nanaimo não é assim tão fácil, nem confortável. Um avião que balança e que é minusculo não é o melhor meio. Certamente Não. Acho que podem perceber pela minha linda cara..


Na janela do meu quarto, meu vizinho que aparece quase todos os dias..



6 comentários:

carla disse...

Gorda. É como você vai ficar.

E o nome do seu vizinho é David tá :)

Nilza Beatriz disse...

adoro ler seus posts Ca *-* quero mais sempre HASUHAU e apoio o nome do seu vizinho ser David. :D

Malu disse...

se voce pegar um mata do onibus ajuda .-. e atras do motorista tem um papel com os horarios que tambem ajuda. Lindo o seu vizinho, a carla decidi o nome. Vai voltar gorda.

Rafael disse...

Meu ainda bem que voce ja compro, qualquer coisa vai naquela loja que eu te disse (columbia) e meu serio para de andar com brasileiros diferencie um pouco! E maneira na comida!

Nana disse...

Adorei seus posts e seu vizinho (david) é o maximo!
Concordo com o Rafa, assim como eu te falei fuja de brasileiros por ai... Hahaha

iki vi disse...

Adorei,Tb tinha um blog mas era sobre um jogo e ninguem entrava ai eu fechei ele...Mas isso não vem ao caso,adorei as postagens e as fotos
XAU,bjs.

Henrique